Matemática, por que tanto medo?

January 17, 2018

 

Sem dúvida, a matemática é a disciplina que os alunos mais temem."O monstro da matemática!" A maioria diz não gostar,  outros dizem que não entendem e que não conseguem aprender.

O fato é que a matemática está presente em nosso dia a dia, e nem percebemos quando usamos nosso raciocínio lógico para encontrar soluções para alguma questão de ordem prática.

Portanto o estudo da matemática é muito importante porque garante maior domínio do pensamento abstrato, contribui para a capacidade de planejamento e desenvolve o raciocínio lógico, ou seja, estudar matemática, deixa o cérebro cada vez mais habilitado para estabelecer relações, formular hipóteses e resolver problemas diversos.

O que causa desconforto e medo para aprendizagem da disciplina é a maneira que  esta  foi sendo inserida na vida escolar do aluno. 

Vale ressaltar que as etapas de desenvolvimento cognitivo precisam ser respeitadas, por exemplo, não conseguimos ensinar a operação de soma a uma criança de 2 anos. Isso porque ela ainda não está pronta intelectualmente para essa aquisição. Para garantir aprendizagem, até os 10 anos, é preciso trabalhar de forma muito concreta e gradativa em questões de pouca complexidade, pois a criança não consegue ainda raciocinar de forma abstrata.

Infelizmente, a maioria das escolas para  se mostrarem "fortes e de qualidade" avançam nos conteúdos desrespeitando a capacidade cognitiva da criança, o que gera  a falta de base e, principalmente, de gosto por este estudo.

Isso posto, o que fazer para melhorar  o desempenho em matemática e perder o medo desta que pode ser uma forte aliada na sua vida?

 

1- Comece do zero e reveja todos os conceitos matemáticos.

 

2- Faça muito exercício, aumentando o grau de dificuldade pouco a pouco.

 

3- Siga a ordem dos conteúdos dos livros didáticos, pois eles são organizados de forma progressiva, dos mais simples aos mais complexos.

 

4- Só passe para o conteúdo seguinte, depois de ter certeza de que está dominando por completo o conteúdo atual.

 

5- Leia, para resolver problemas, os enunciados mais de uma vez, a fim de compreender o que está sendo pedido. Isso porque, nem sempre compreendemos tudo na primeira leitura. Destaque os dados mais importantes, identifique  o que deve ser feito para solucioná-los, anote os dados, volte ao enunciado, leia novamente e resolva com os cálculos necessários;

 

5- Procure fazer relações com situações do cotidiano;

 

6-  Para ficar claro, desenhe, construa a tabuada, e use todos os recursos para chegar ao resultado correto.

 

7- Confira as questões e, se possível tire a prova real.

 

Ganhe auto confiança e perca o nervosismo na hora da prova, pense: você está bem preparado! Com este poder, vai transformar "o monstro" que é a prova  em formiguinha, tão pequena, simples e frágil que você só não acabará com ela se não quiser. Vá com tudo e faça uma excelente prova!

 

Quer saber mais?

contato@centraldeprofessores.com.br ou

zap 98838752

Fonte: Tribuna do Norte

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Você cobra boas notas do seu filho? Cinco passos para ajudar seu filho a lidar com as pressões escolares.

June 9, 2019

1/7
Please reload

Posts Recentes