top of page

RODAS E BRINCADEIRAS CANTADAS: Uma Abordagem Essencial para a Educação


Crianças brincando de roda
Brincadeiras de Roda na Educação


Falar sobre rodas e brincadeiras cantadas em uma época onde a cultura popular parece estar perdendo espaço para a era digital pode soar antiquado ou, no mínimo, intrigante. No entanto, pesquisadores como Wallon, Gardner e outros destacam que o movimento físico estimula o pensamento, e quando combinado com música, como é o caso das brincadeiras mencionadas, os benefícios se multiplicam.


Cantar, dançar, refletir, sentir e compartilhar - todas essas experiências são proporcionadas às crianças quando participam atividades. Além disso, elas contribuem significativamente para a preservação da nossa cultura.


Segundo Vigotsky (1988), tais brincadeiras são fundamentais para alimentar o imaginário infantil, preparando a criança para a construção do conhecimento e para sua socialização. Sob essa ótica pedagógica, essas brincadeiras são consideradas completas, pois ao exercitar o corpo, a criança melhora suas habilidades psicomotoras, desenvolve o raciocínio, a memória, o apreço pela música, a afetividade, entre outros aspectos.


O BNCC (Base Nacional Comum Curricular) reconhece a importância do uso de rodas e brincadeiras cantadas na educação infantil como ferramentas fundamentais para o desenvolvimento integral das crianças. Essas atividades são consideradas essenciais para promover o desenvolvimento cognitivo, emocional, social e motor dos pequenos. A música e as brincadeiras cantadas devem estar presentes no planejamento pedagógico das instituições de educação infantil, sendo utilizadas de forma intencional e contextualizada. Elas contribuem para estimular a imaginação, a criatividade, a expressão corporal, a linguagem oral e escrita, além de promover a socialização e o respeito às diversidades culturais.


Além dos inúmeros benefícios mencionados anteriormente, a música pode ser integrada aos conteúdos curriculares em cada disciplina.


Entendendo e percebendo a relevância dessas práticas lúdicas e artísticas como parte integrante do currículo da educação infantil, vale refletir:


Quais estratégias podem ser implementadas pela escola para garantir uma abordagem interdisciplinar que integra música e brincadeiras cantadas em diferentes áreas de conhecimento na educação infantil? 

1 visualização0 comentário

Комментарии


bottom of page